Comer, treinar e lutar como o Bruce Lee ?

Vou falar-te sobre quem fez das artes marciais o que são hoje em dia, o pequeno dragão  ! O famoso… A lenda ! O Grande Bruce Lee ! Vou te dizer de forma simples, rápida, mas eficiente como ele treinava, como ele comia, como ele lutava e o que fez com que tenha conseguido tornar-se numa pessoa de sucesso !
 
Se há uma coisa que é certa, é que o mundo das artes marciais não seria o que é, hoje em dia, sem a marca que o Bruce Lee deixou ! Muitos começaram a praticar depois de ter visto os filmes dele…

Embora ele não tenha sido a razão que me levou a treinar (engraçado para quem agora pratica Jeet Kune Do criado por ele, eu sei), a verdade é que sem ele não existiriam tantos dojos para praticar !
Mesmo anos depois de morrer, ainda tem impacto nos praticantes de artes marciais, nos filmes, entre outros.

 

O que Bruce Lee comia

O pequeno dragão comia pouco, mas comia várias vezes por dia, até 5 vezes ao dia.

Ele não gostava de queijo, bebia pouco leite, bebia muito chá (de vários tipos), não bebia café nem álcool. Consumia bastante geleia real e ginseng.

O tipo de comida que preferia era a comida chinesa: além de ser do seu agrado, também é uma comida muita variada, que contem muitos legumes !

Exemplo da dieta do pequeno dragão :

Pequeno almoço: Muesli com pouco leite (só mesmo para humidificar), acompanhado de um copo de sumo de laranja ou um chá.

Refeição a meio da manhã :

Bebida proteica ou um sumo de legumes ou fruta.

A sua bebida favorita era sumo de cenoura com maçã, aipo e salsa.

Almoço:

Carne, legumes, arroz… E para beber : chá.

Refeição a meio da tarde :

Mesma coisa que de manhã, podendo ser uma bebida proteica ou um sumo de legumes/fruta.

Jantar:

Massa e salada ou arroz com legumes, carne, frango, marisco…

Leite em pó não instantâneo, proteína em pó, dois ovos, gérmen de trigo, manteiga de amendoim, banana (ou/e várias outras frutas), uma colher de levedura, suplemento de inositol e lecitina.

Como Bruce Lee treinava

Temos de admitir que Lee tinha uma condição física incrível e uma definição muscular de tipo full HD !

Ainda nos dias que correm, podemos vê-lo em capas de revistas de fitness !

Aqui vai então o circuito que teve mais impacto na sua transformação !

É preciso saber que, na altura, o Bruce Lee já treinava em circuito, bem antes do treino de cross-training surgir, como o é a moda do crossfit, entre outros.

Todos os exercícios que o Bruce Lee fazia neste circuito eram feitos numa máquina chamada Marcy Training System.

Neste circuito cada exercício praticado duraria 30s com o máximo de repetições possíveis e entre cada exercício não havia espaço para descanso.

Exercício número 1

Pull ups

Exercício número 2

seated leg press. 

Exercício número 3

Standing leg thrust, 

Exercício número 4

Shoulder Press.

Exercício número 5

Elevações de gémeos.

Exercício número 6

Bíceps alternado usando cabos.

Exercício número 7

Bench press

Exercício número 8

squat

Neste exercício o Bruce Lee começava sentado no banco da sua máquina de musculação.

Exercício número 9

 Pull down

Exercício número 10

Triceps Push-Down

Depois iria para a rua para fazer uma corrida rápida (cerca de 1 minuto).

No exercício seguinte, usava duma barra na qual tinha uma corda e um peso em baixo. O exercício pretendia exercitar os antebraços.

Era o facto de enrolar e desenrolar a corda.

E acabava, então, o circuito com flexões e extensões do pescoço.

Este seria um exemplo do tipo de circuito que ele praticava.

Obviamente Bruce Lee fazia vários circuitos, saltava muito a corda, corria, alongava, fazia os seus treinos de artes marciais.

Mas, na verdade, só quando começou a treinar com este tipo de circuitos é que começou realmente a transformar o seu corpo (que podemos verificar no seu último filme (Enter the Dragon)

Como já disse, o mundo das artes marciais não seria o mesmo, hoje em dia, sem a marca que o Bruce Lee deixou !

bruce lee jkd

O que Bruce Lee lutava

O Bruce Lee era ator… No entanto, ele considerava-se, em primeira mão, um praticante de artes marciais.

Só assim, ainda hoje, Lee consegue ser a referência mais reconhecida para todo praticante de artes marciais que pretende uma eficiência máxima.

Se estás a a ler este artigo é porque pretendes aprender a lutar como ele. Vou então dar-te umas dicas para poderes avançar com esse teu objetivo !

1 – Para começar, é preciso saber que, para o Bruce Lee, um combate não tinha limites. Assim, não deveríamos ser limitados de qualquer forma, como fazem na maior parte dos desportos de combate. É preciso perceber que o Bruce Lee treinava numa ótica de luta total de sobrevivência e não para luta de competição com árbitro.

Isto quer dizer que, tecnicamente, vale tudo… até morder ou por os dedos nos olhos ! Deixa fluir a tua criatividade! E sobretudo, o mais importante, não te imponhas limites !

2 – Segunda dica ! Treina os teus deslocamentos ! Quando o Bruce Lee se deslocava, parecia flutuar ! ( inspirava-se do Mohamed Ali ) Isso só acontecia porque treinava bastante essa parte ! 

Em termos de combate, os deslocamentos são a coisa mais importante de se treinar porque é o que vai permitir manter a distância, deixando fluir todas as técnicas com um bom timing e uma potência máxima !

Para treinar os deslocamentos melhorando ao mesmo tempo o cardio, Bruce Lee gostava de saltar à corda e de variar a forma de pousar os pés. Então, treina os teus deslocamentos sem limitações !

3 – Terceira dica ! Tenta não só defender, mas defende e ataca ao mesmo tempo ! Enquanto que a maioria dos lutadores defendem e depois atacam, o Bruce Lee conseguia (porque treinou com esse objetivo) defender e atacar ao mesmo tempo !

4 – Quarta dica: treina a tua condição física ! Quando pensamos num praticante de artes marciais preparado fisicamente, pensamos obviamente em Bruce Lee !

Nunca conseguirás dar um pontapé ou soco eficiente se não te preocupares minimamente com a tua condição física.

Até se precisares de fugir vais precisar de uma boa condição física !  E se dois oponentes tiverem o mesmo nível técnico e mental, sempre será aquele que tem a melhor condição física que vencerá.

Por isso, prepara-te fisicamente !

5 – Quinta e última dica: Não basta aprender. Tens que pôr em prática ! Dá para misturar ! Aprender aplicando !

No início, sem nenhuma base, convém aprender e depois aplicar (Com ajuda de um instrutor), procurando progredir, e, assim, verificarmos se devemos guardar o que se aprendeu ou se devemos passar a outra coisa…

O Bruce Lee passou a vida inteira a aprender e a aplicar coisas…. Só assim conseguiu tornar-se no Bruce Lee que conhecemos !

O objetivo não é sermos uma copia do Bruce Lee, mas sim inspirarmo-nos nele. O Bruce Lee criou uma arte marcial – O Jeet Kune Do – que nos permite progredir sem sermos uma cópia.

Se tiveres na zona de lisboa vem treinar connosco !

Be water my friend !

 

Ver o video privado gratuito “Iniciação Ao Mundo Do BRUCE LEE” (clique aqui)

Comer, treinar e lutar como o Bruce Lee ?